top of page

Alimentação de corais: Parte II

Atualizado: 30 de jun. de 2023



detalhe coral se alimentando


Como mencionado no post anterior, a alimentação dos corais é um aspecto importante para manter a saúde e o crescimento desses organismos. Embora a maioria dos corais seja capaz de obter a maior parte de sua energia através da simbiose com algas zooxantelas, muitos corais também podem se beneficiar da alimentação direta. As diversas espécies e grupos de corais desenvolveram diferentes estratégias de alimentação. Entre as formas de aquisição de nutrientes por corais podemos citar.


Alimentação por captura de partículas:

Alguns corais possuem pequenos tentáculos ou pólipos especializados que são capazes de capturar partículas de alimentos suspensas na água. Esses corais geralmente se alimentam de zooplâncton, detritos orgânicos e outras pequenas partículas presentes na coluna de água. Para alimentar esses corais, é possível fornecer alimentos em suspensão, como alimentos líquidos ou congelados.

Existem vários tipos de alimentos líquidos que podem ser utilizados para alimentar corais em aquários marinhos. para fornecer nutrientes essenciais que ajudam no crescimento e saúde dos corais. Aqui estão alguns exemplos de alimentos líquidos comumente usados para corais:

O zooplâncton líquido, como o rotífero e o copépode, é uma opção popular para alimentar corais filtradores. Esses organismos são ricos em proteínas e outros nutrientes essenciais, como ácidos graxos essenciais, e podem ser oferecidos aos corais adicionando diretamente à água do aquário.

O fitoplâncton líquido é composto por microalgas, como a Nannochloropsis, Tetraselmis e Isochrysis. Essas microalgas fornecem uma variedade de nutrientes, incluindo vitaminas, minerais e ácidos graxos essenciais. O fitoplâncton líquido é muitas vezes usado como um suplemento alimentar para corais, ajudando a promover o crescimento saudável e a coloração vibrante. Além de servir para alimentação de algumas espécies de corais, o fitoplâncton vivo também auxilia na manutenção da microvida do aquário.

Alimentação com alimentos sólidos:


Alguns corais com pólipos grandes grandes (como LPS) podem se alimentar de alimentos sólidos, como pequenos pedaços de peixe ou camarão, por exemplo. Algumas espécies também podem aceitar alimentos secos, como alimentos liofilizados ou alimentos processados, na forma de pellets ou em flocos específicos para corais. Esses produtos geralmente são formulados para atender às necessidades nutricionais dos corais e podem ser uma opção conveniente. Esses alimentos devem ser oferecidos diretamente aos corais usando uma pinça ou outro dispositivo apropriado. É importante garantir que os alimentos sejam de alta qualidade e adequados para a espécie de coral em questão.

Alimentação com suplementos nutricionais:


Existem também suplementos nutricionais disponíveis no mercado, como aminoácidos, vitaminas e oligoelementos, que podem ser adicionados à água do aquário para melhorar a nutrição dos corais. Os aminoácidos ajudam a fortalecer os corais, melhoram a resistência ao estresse e promovem a regeneração de tecidos. Além disso, alguns desses suplementos podem fornecer nutrientes adicionais que ajudam no crescimento e na coloração dos corais.


Alimentação simbiótica com peixes: Alguns corais estabelecem uma relação simbiótica com certos peixes. Esses peixes podem fornecer alimento diretamente aos corais, trazendo pequenas porções de alimentos consumíveis para os pólipos dos corais. Algumas espécies de Gobideos por exemplo, podem passar toda sua vida em um mesmo coral.


É importante lembrar que nem todos os corais necessitam de alimentação direta, uma vez que a maioria obtém a maior parte de sua energia através da simbiose com algas zooxantelas. Também devemos observar que diferentes espécies de corais possuem diferentes preferências alimentares e requerem diferentes métodos de alimentação.


Outro ponto de atenção que devemos nos atentar, é que a alimentação excessiva dos corais pode trazer efeitos prejudiciais aos animais. Além disso, a quantidade e a frequência de alimentação podem variar de acordo com a espécie de coral e as condições específicas do aquário, levando-se em conta aspectos de qualidade de água, que podem ser afetados pela alimentação, principalmente quando consideramos os níveis de fósforo e de compostos nitrogenados. É recomendado pesquisar sobre características alimentares e nutricionais específicas dos diferentes grupos de corais presentes no aquário e ajustar a alimentação de acordo com essas informações, sempre iniciando com doses iniciais mais baixas e realizando uma transição alimentar gradual e monitorada.


Alimentos Vivos LiveOceans:


Os alimentos vivos da LiveOceans possuem a garantia de serem reefsafe, sendo produzidos em laboratório, sob condições de bisegurança e utilização de boas práticas de cultivo, garantindo sua elevada qualidade nutricional e de que são livres de doenças e contaminantes. Entre os alimentos disponíveis para utilização em aquários marinhos e para alimentação de corais temos os copépodes; rotíferos e fitoplâncton.


Para saber mais sobre os alimentos vivos acesse o nosso site e as nossas redes sociais:

Instagram: @live_oceans




44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page